André Cury x Atlético: Vice-presidente responde questionamentos dos “rábulas”

Por: Silas Gouveia

Um tema importante chamou a atenção dos Atleticanos no dia do primeiro jogo do confronto entre Atlético e Palmeiras e nada tinha de relação ao jogo e sim, à ação de Notificação do empresário André Cury junto à Multiplan, acerca dos valores envolvidos na compra do restante (49,9%) do Shopping Diamond.

Muitos questionamentos foram feitos tanto no perfil do Fala Galo, como nos perfis individuais de seus integrantes, vindos de torcedores preocupados com a notícia e alguns já fazendo previsões alarmistas sobre possibilidade de bloqueio de valores por parte do referido empresário. Como não temos nenhum especialista na área entre nossos integrantes, fomos em busca de informações de quem é do ramo e trabalha no clube, até para sabermos se as primeiras respostas que demos estariam corretas.

Em entrevista com o Dr. Murilo, que sempre nos atende de forma cordial e educada, buscamos saber o que poderia representar esta ação do empresário junto à Multiplan. E mesmo às vésperas do início do jogo contra o Palmeiras, o Dr. José Murilo fez questão de conversar conosco e esclarecer as principais dúvidas dos torcedores.

FG: Foi noticiado em alguns meios de comunicação, que o empresário André Cury havia notificado à Multiplan sobre as possíveis dívidas do clube com ele, que estariam na casa dos R$64 milhões. O que isto representa? Há risco de bloqueio de valores da venda do restante do Diamond? 

Dr. Murilo: A Notificação apresentada pelos representantes do empresário é uma formalidade legal usada junto a um credor do clube, no intuito de deixá-lo ciente de que o notificante tem algum passivo na justiça contra o clube, que poderá lhe garantir o pagamento de valores que estejam sendo direcionados a transações entre o credor e o clube. Não há nenhuma possibilidade imediata de qualquer tipo de bloqueio de bens ou valores, apenas com o instrumento de uma notificação extrajudicial, a qual não gera nenhuma obrigatoriedade como já foi dito.

FG: Nas matérias divulgadas, o empresário alega que tem a receber do Atlético, algo em torno de R$64 milhões. Existe alguma ação do referido empresário que atinja este montante?

Dr. Murilo: Não existe nenhuma ação proposta pelo empresário que ao menos se aproxime deste valor. O que existem são ações isoladas, de valores abaixo de R$ 1 milhão, em sua grande maioria e que somadas, segundo ele diz, chegariam a este valor que se divulga. Mas o que se tem na verdade, são ações pontuais e que não seriam suficientes, ao nosso entendimento, para que um Juiz pudesse ordenar o bloqueio de uma negociação de valores tão elevados como a venda do shopping. E de qualquer forma estaremos tomando todas as medidas possíveis para contestar qualquer tipo de argumentação que possa ser usada no intuito de dificultar as negociações entre o Atlético e a Multiplan, ressaltando que o clube não foi notificado e nem teve acesso ao documento encaminhado à Multiplan.

Ainda bem que todas as respostas que demos aos nossos seguidores foram confirmadas pelo Vice-Presidente do Galo nesta pequena entrevista. Parece que podemos nos considerar como Rábulas depois desta!